Fazer Amigos

O século XXI já está aí há quase 2 décadas deixando muita gente de cabelo em pé. Claro! O avanço tecnológico estrondoso e a presença cada vez mais próxima e real da inteligência artificial no nosso cotidiano tem alterado as formas com as quais nos relacionamos no trabalho, em casa, e até conosco mesmos.

Tá mais difícil educar.

Tá mais difícil segurar o emprego.

Tá mais difícil manter a saúde do casamento.

Vivemos uma época que tem os MAIORES índices de DEPRESSÃO e ANSIEDADE já calculados na história da humanidade. São, mais precisamente, 322 milhões de pessoas depressivas e 264 milhoes  com transtorno de ansiedade. 

A meu ver, é urgente atualizarmos a forma com que vemos o mundo, para que consigamos sobreviver à tantas transformações com o mínimo de saúde mental e emocional.

Sinto que também seja urgente, ainda que com efeitos a longo prazo, atualizarmos a forma com a qual educamos as crianças, para que elas não passem por algo ainda pior do que o cenário de doenças mentais e psiquiátricas com que convivemos hoje.

Os dados hoje já sugerem que, se não fizermos nada diferente, uma grave crise existencial chegará para todos e a depressão (segundo relatório da OMS fonte) será a doença MAIS COMUM DO MUNDO!

Por isso, lancei uma minissérie de 5 habilidades que tínhamos muito bem vivas dentro da gente quando éramos crianças e que sugiro resgatarmos para que possamos sobreviver e prosperar neste século XXI.

Primeira Habilidade: Fazer Amigos!

A mente da criança é virgem e seu pensamento demora a captar barreiras sociais impostas. É isso o que permite às crianças se doarem a quem elas gostam. Se uma criança gostou do picolé que a outra criança está tomando, ou do que ela está vestindo, ou do seu jeito de falar, ou do seu brinquedo, ou do seu sorriso, essas crianças se aproximarão.


E, se não houver interferência do adulto, a maior probabilidade é que elas iniciem uma relação saudável e brinquem muuuuito juntas!

Ao fim do dia, são melhores amigas de uma vida inteira!!!

Fazer amigos é a primeira habilidade infantil que eu sugiro para nós adultos resgatarmos se quisermos prosperar neste século XXI.

Seja real ou virtualmente. Precisamos aprimorar a arte de se aproximar, gerar contatos, criar relações.

Como essa habilidade interfere na vida do adulto?

EM CASA:

No cenário familiar essa habilidade está relacionada ao carinho e ao cuidado para com o outro. Por isso, resgatá-la pode facilitar diálogos saudáveis e nutrir vínculos mais duradouros

NO TRABALHO:

No cenário profissional e corporativo essa habilidade é extremamente valiosa porque amplia sua agenda de contatos. À medida que eles são nutridos e se transformam em relacionamentos, estes contatos passam a funcionar como recursos econômicos porque podem solucionar problemas para os quais você gastaria mais tempo ou, possivelmente, mais dinheiro.

Como nutrir essa habilidade nas crianças?

EM CASA:

Evite forçar a barra no intuito de que a criança se aproxime de alguém. Quanto mais você respeitar os limites dela e quanto menos você intervir quando ela, finalmente, se aproximar de alguém, mais à vontade ela se sentirá para aprimorar este comportamento. Com crianças mais tímidas este respeito é ainda mais fundamental. Em vez de sugerir “vai lá conversar com o amiguinho!” experimente aguçar sua curiosidade, como: “olha que lega o que ele está fazendo”, “nossa, o vestido dela é da mesma cor que a sua blusa”, “que legal, vocês tem algo em comum”. Isso pode ajudar que a criança se interesse a se aproximar da criança. Se mesmo assim ela preferir não ir, respeite.

NA ESCOLA:

Sempre propiciar formação de grupos com coleguinhas diferentes. Promover atividades de intercâmbio entre classes. Sugerir trabalhos que façam uso de entrevistas com pessoas com as quais a criança tem pouco contato.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s